Arquivo da Categoria: Raizes

Vida inabitual de sal e luz: In memoriam: Pe. Dr. Manuel Augusto da Silva Frade.

Vida inabitual de sal e luz In memoriam: Pe. Dr. Manuel Augusto da Silva Frade:(Padre na diocese de Coimbra: nasceu 1934; ordenado 1959; morreu 2017); Professor no ISET, minha saudade de Coimbra (1990-1996), no rosto dos Mestres. [1.] Queremos viver … Continuar a ler

Publicado em por | Etiquetas , , , , , , , | Publicar um comentário

Sentir, Acreditar e Servir.

Sentir, Acreditar e Servir. O sentir – As forças não se renovam na necessidade sentida. O que sinto não é tudo o que vivo mas assume grande importância. Sentimentos arrefecem e aquecem no agir comunitário. Incapaz de congregar. Sentir a … Continuar a ler

Publicado em por | Etiquetas , , | Publicar um comentário

O natal em sinal das nossas contradições?!

O natal em sinal das nossas contradições?! Natal é “Falhar Melhor” – O amplexo da solidariedade inumana ao extremo da adversidade: -Que fizeste de teu Irmão? Uma criança que nasce “necessitada de tudo”. Falhamos todos os dias e todos os … Continuar a ler

Publicado em por | Etiquetas , , , , , , , , | Publicar um comentário

Sempre a discorrer: apontamentos quentes.

Sempre a discorrer: apontamentos quentes. 1. O ritmo é frenético e por vezes assume-se como caótico. Mas nas «coisas de Deus» e querendo fazer as «coisas de Deus» ao «modo de Deus». O ritmo do Tempo é espacial. Não assumimos … Continuar a ler

Publicado em por | Etiquetas , , , , , , , | Publicar um comentário

Os Cortejos dos Reis e o escritor Michel Tournier.

O(s) Cortejo(s) dos Reis, nas Gafanhas: Encarnação-Carmo-Nazaré e o escritor Michel Tournier (em janeiro de 2016 – morte aos 91 anos…) OU o dom (in)esperado da chuva composta com as gotas da cultura comunitária (partilhada) e literária (da boa)! “E lembrava, com … Continuar a ler

Publicado em por | Etiquetas , , , , , , , , , , , | Publicar um comentário

Baptismo: “- creio, adoro, espero e amo!”

Baptismo: “- creio, adoro, espero e amo!”   Festa – Baptismo do Senhor – Ano C “Tu és o meu Filho muito amado: em Ti pus toda a minha complacência [o meu agrado]”, Lc 13, 22   (i) – Não … Continuar a ler

Publicado em por | Etiquetas , , , , | Publicar um comentário

Ama! (Sagrada Família)

Ama! Reflexões: Ano C – Sagrada Família: Cfr. Lc 2, 41-52 “Porque Me procuráveis? Lc. 2, 49 Há coisas que nós ouvimos, mas enquanto não as vivemos ou experimentamos não as percebemos bem. Assim é dentro/fora da nossa Família de … Continuar a ler

Publicado em por | Etiquetas , , , , | Publicar um comentário