Arquivo da Categoria: ENSAIOS

“Testamento Vital Provisório” (11-05-18)

“Testamento Vital Provisório” BULA NÃO PRESCRITA: O título entre as “aspas” é majestático mas anti-publicidade barata. A Graça imerecida do Dom da Fé é muito cara. Em tempos de anti-Facebook e diante do “Novo Regulamento Geral de Proteção de Dados” … Continuar a ler

Publicado em por | Etiquetas , , , , , , , , , , , , | Publicar um comentário

é quase natal: quase meditações no fio da navalha

é quase natal: quase meditações no fio da navalha   «O Natal é a expressão da caridade. (…) Celebrar hoje o Natal, num espírito de testemunho cristão, exige muito mais do que a simples preparação exterior; remete-nos para o compromisso … Continuar a ler

Publicado em por | Etiquetas , | Publicar um comentário

incêndios: sinal extremo de perversidade.

incêndios: sinal extremo de perversidade. Hoje, no evangelho da missa diária, Lc 11, 29-32, comporta-me para as dores da tarde e noite anteriores. No corpo acumulo o cansaço de ontem, no espírito as imagens gravadas a quente, fumo e cinza … Continuar a ler

Publicado em por | Etiquetas , , , , , , | Publicar um comentário

Bispo António Francisco, a Profecia da Bondade.

Bispo António Francisco, a Profecia da Bondade. “Sendo a fé um dom, como pode ser motivo de educação? Não pode realmente ser ensinada, mas sim irradiada. Os que a possuem podem significar a estrela-guia, a perseverança num encontro difícil de … Continuar a ler

Publicado em Cultura, Ensaio Biográfico, ENSAIOS, Espiritualidade, Missão Jubilar, Organizações | Etiquetas , , , , | Publicar um comentário

Apontamentos sobre a dor: Aprender o Luto, sem os amigos de Job (Job 40,5)

 Aprender o Luto, sem os amigos de Job (Job 40,5)   Apontamentos sobre a dor – parte 6. “Falei uma vez e não insistirei;duas vezes e não acrescentarei nada” (Job 40,5). [1.] A vivência da Morte na realidade do Luto. … Continuar a ler

Publicado em por | Etiquetas , , , , , , , , , , , , | Publicar um comentário

Arrumar “coisas e coisos” em atraso: 300 razões para.

Arrumar “coisas e coisos” em atraso: 300 razões para. Às vezes dou por mim arrumar “coisas e coisos” (diferenças diferenciadas no “género”, de quem faz… e sobre o que se faz…). E fico-me nostálgico – quanto tempo perdido… – e … Continuar a ler

Publicado em por | Etiquetas , , , , , | Publicar um comentário

prestar ainda mais atenção

prestar ainda mais atenção Sei que as forças não são inesgotáveis, bem longe disso, a fraqueza indivisa entre mente-coração-estomago transparece como óbvia. Sei que os campeonatos se perdem quer pelas nossas falhas e desistências, quer sobretudo pela qualidade do adversário. … Continuar a ler

Publicado em por | Etiquetas , , , , , | Publicar um comentário