Arquivos Mensais: Dezembro 2008

pauladas de fim d’ano

    pauladas de fim d’ano       [1.]  “E acima de tudo, o amor, que é o laço da perfeição” (Cl 3,14) Determinadas frases de Paulo literato são verdadeiras “pauladas”. Nesta perturbadora e instigante sentença, sem recurso, fui … Continuar a ler

Publicado em Espiritualidade | Publicar um comentário

o que diz o coração

    o que diz o coração     [1.] Sou normal e pensamentos falsificáveis combinam. A instabilidade dos afetos é enorme. Somos seres de Desejo e essa atmosfera pode tornar-se sufocante. É como se saindo á rua o sol … Continuar a ler

Publicado em Incontinências | Publicar um comentário

Mensagem de Natal sem fim

    Mensagem de Natal sem fim     “…Jogo a garrafa ao mar. Quem a encontrar que apanhe a mensagem nela contida, e, se quiser, e achar oportuno e viável, beneficie a si mesmo e a própria humanidade. É … Continuar a ler

Publicado em Incontinências | Publicar um comentário

A atitude é tudo

  A atitude é tudo     Passou um ano e estou de volta. Novamente dentro do mesmo ambiente. Ambiente é energia, fé e razão de esquecimento. Tentei na eucaristia agradecer por tudo, mas na fé nada se impõe. Deus … Continuar a ler

Publicado em Ensaio Biográfico | Publicar um comentário

Celular: erros e acertos

      Celular: erros e acertos   É hoje? A linguagem de rua é curiosa. Esconde mais do que revela. Não é hoje. Será só no dia certo. Talvez na hora errada com a pessoa certa. E do acerto … Continuar a ler

Publicado em Ensaio Biográfico | Publicar um comentário

Alegria do Seguimento

      Alegria do Seguimento     [Comentário:III Dom Advento Ano – B: 14-12-2008]     O Evangelho (João 1, 6-8.19-28) de hoje nos traz novamente a pessoa de João Batista, apresentando-se como testemunha da luz. João sinaliza, isto … Continuar a ler

Publicado em Mensagem | Publicar um comentário

“Pai-nosso” – Frei Betto

      “Oração do Pai-nosso”  –  Frei Betto (*)     “Pai-nosso que estais no céu, e sois nossa Mãe na Terra, amorosa orgia trinitária, criador da aurora boreal e dos olhos enamorados que enternecem o coração, Senhor avesso … Continuar a ler

Publicado em Libertar a Teologia | 1 Comentário