prestar ainda mais atenção

prestar ainda mais atenção

Sei que as forças não são inesgotáveis, bem longe disso, a fraqueza indivisa entre mente-coração-estomago transparece como óbvia. Sei que os campeonatos se perdem quer pelas nossas falhas e desistências, quer sobretudo pela qualidade do adversário. Sei que uma distração pode não querer dizer nada e outra pode significar a diferença entre viver e morrer.

Não saber falar com a propriedade de quem reza, estuda com rigor e competência, na procura das melhores práticas em todos os problemas. Não saber o porquê da maravilhosa insistência da Graça em não nos abandonar no atoleiro do pecado. Não saber que o rumor de Ressurreição está oculto em cada sombra da história sofrida.

A abertura a Deus dá credibilidade amor. Acolher, escutar, compreender, perdoar, eleger e viver inspirado no Evangelho. Não colocar limites à Misericórdia. Haverá sempre momentos difíceis, necessitamos sempre de purificação. No fundo, prestar ainda mais atenção ao ser Pessoa entre tempos e espaços divididos. Solidão e comunhão em todas as relações.

Pedro José, Gafanha do Carmo/Encarnação/Nazaré, 08-05-2017, caracteres (incl. esp) 1025

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Apontamentos, ENSAIOS, Espiritualidade, Saúde e bem-estar com as etiquetas , , , , , . ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s