Arquivo de etiquetas: Páscoa

Quaresma: a alma enlutada? – IIº Dom. Quaresma (Ano A) – Mt 17,7 : «Levantai-vos e não temais».

Quaresma: a alma enlutada?   II Quaresma – Ano A – Mateus 17,7 : «Levantai-vos e não temais». Primeiro. Mastigar, lentamente, a pergunta sobre o horizonte do Luto impresso na Alma. Alma enlutada para quê? Saber que sendo “o” Luto … Continuar a ler

Publicado em por | Etiquetas , , , , , , | Publicar um comentário

Quando descobrimos o Jesus da Páscoa? – Meditação por André Sève: oitava da Páscoa 2016.

Quando descobrimos o Jesus da Páscoa?   Meditação por André Sève, na oitava da Páscoa 2016.   “A semana a seguir à Páscoa é a parte mais alegre e mais estranha dos evangelhos: contém o relato das aparições de Cristo … Continuar a ler

Publicado em por | Etiquetas , , , , , , | Publicar um comentário

A Ressurreição de Cristo: chave para a nossa Salvação (Vigília Pascal e Dia de Páscoa 2016).

A Ressurreição de Cristo:  chave para a nossa Salvação.   Vigília Pascal (baptimos de catecúmenos) e Dia de Páscoa (visita pascal ao domicílio) – Ano C (26 e 27 Abril 2016).     «A chave tem um duplo simbolismo. Abre … Continuar a ler

Publicado em por | Etiquetas , , , , , , | Publicar um comentário

Sobre o custo da páscoa: 10 disposições.

Sobre o custo da páscoa: 10 disposições. [1.] Páscoa, fazer festa ”Vale a pena celebrar a Vida quando o Deus da Vida não lhe é alheio, quando os dias que despertam e adormecem caminham de olhos erguidos para Deus, quando … Continuar a ler

Publicado em por | Etiquetas | Publicar um comentário

Sobre a Substância da Páscoa

Sobre a Substância da Páscoa No termo da Quaresma está a Semana Santa, e esta culmina com a maior festa do ano litúrgico, a Vigília Pascal – que forma um todo com o Tríduo Pascal (quinta, sexta e sábado da … Continuar a ler

Publicado em por | Etiquetas , , , | Publicar um comentário

“Páscoa” pela partilha: cada novo dia é um presente!

“Páscoa” pela partilha: cada novo dia é um presente! “A partilha é dom de quem acredita na força redentora do amor”. D. António Francisco.   disposição 1. “Tudo é futilidade de futilidades” – Quanto tempo demora a compreensão de que na … Continuar a ler

Publicado em Espiritualidade, Mensagem | Etiquetas , | Publicar um comentário