CONVIDA 19 – Cruz de Malta Portugal – Iniciativa aquisição de um Hospital de Campanha

A  iniciativa promovida pela Cruz de Malta Portugal para aquisição de um Hospital de Campanha – tributo profissionais de saúde e de segurança nacional é muito concreta: excelente ajuda neste combate ao COVID 19!

Fiz um pequeno donativo de 5,00 euros (haverá necessidade de poupança…).

“Depois do @FestivalEuFicoEmCasa, a decorrer até este domingo, há agora uma iniciativa um pouco diferente. A acontecer ao longo do dia 23 de março, entre as 11h e as 23h, o live streaming CONVIDA 19 juntará uma série de artistas que pretendem não só prestar tributo aos profissionais de saúde e da segurança nacional, como angariar donativos para a aquisição de um Hospital de Campanha. 
A iniciativa, promovida pela Cruz de Malta Portugal, junta vários artistas, desde a área da música, magia, humor, leitura, pintura, gastronomia entre outras, com atuações ou performances de aproximadamente 30 minutos cada um, em live streaming, através da página de Facebook.”
 
Fica, também, o apontamento de história sobre esta Associação CRUZ de MALTA:
“A Associação Humanitária de Bombeiros Voluntários de Cruz de Malta, fundada em 1918 por Militares e Cavaleiros da Ordem Soberana e Militar de Malta, requer uma atenção e dedicação especial.
O contexto histórico-social da segunda década do século passado, caracteriza-se pela ocorrência e decorrências do primeiro conflito bélico mundial (1914-1918) a que se somaram algumas epidemias, nomeadamente a denominada Gripe Espanhola (1918-1919), identificada no começo de março de 1918 em tropas dos Estados Unidos, mas que em outubro de 1918 estava já espalhada por todos os continentes, tornando-se numa pandemia mundial. Com efeito, apesar de pouco duradouro, tratou-se de um flagelo extraordinariamente violento e mortal que ao fim de seis meses tinha já dizimado cerca de 25 milhões de pessoas, havendo estimativas que apontam mesmo para um número duas vezes maior.
Em 26 de setembro de 1918, volvidos apenas 19 anos desde a fundação da Assembleia dos Cavaleiros Portugueses da Ordem de Malta, um grupo de Militares e Cavaleiros, motivados pelo espírito fundador e por preocupações assistencialistas decorrentes, nomeadamente, da epidemia que então grassava impiedosamente, funda a 1.ª Secção Auxiliar de Socorros da cidade de Lisboa, com a designação de Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários da “Cruz de Malta”, sob o lema “Pro Fide et Pro Utilitate Hominum”.
Um lema que nos recorda o espírito que esteve na origem da fundação da Ordem há mais de 900 Anos em Jerusalém e coincide com o ambiente de Fé que se começava então a viver em Portugal com as Aparições de Nossa Senhora, em Fátima, pouco mais do ano antes da fundação deste Corpo de Bombeiros. Em pouco tempo, os Bombeiros Voluntários da “Cruz de Malta”, para além dos serviços prestados na sua área de influência, estavam na estrada a auxiliar os peregrinos a Fátima, tal qual a Ordem o faz ainda hoje, tal qual a Ordem o fez outrora aos peregrinos à Terra Santa.
A Ordem de Malta comemorou os 900 anos do seu reconhecimento Papal como organização benfeitora e dedicada ao apoio dos Peregrinos, em especial os da Terra Santa. Dotada de Soberania desde dessa data, o que lhe promove uma autonomia suficiente para estar presente em mais de 110 países desenvolvendo o mesmo trabalho continuado de apoio aos que sofrem de forma politica e diplomaticamente estruturada”.
Esta entrada foi publicada em Apontamentos, Organizações, Saúde e bem-estar com as etiquetas , , , , , . ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s