perguntas de tão sinceras

perguntas de tão sinceras

Como vai estar o estado do tempo? É a pergunta que fazemos e desfazemos na procura do melhor agir e que significa metaforicamente o saber vestir-se a preceito. Vestir-se de acordo com o tempo que faz fora: significa não ir em modas imorais. Não se perder na observância dos boletins do tempo. Serve o tempo, para que não sejas sorvido por ele.

Como se está por dentro no estado d’alma? É a pergunta que não podemos esconder ou espantar para longe. A nossa interioridade é um bem insubstituível. Fazer o «Bem, bem feito». Como? Fidelizar o nosso interior à Verdade da Luz. As sombras do pecado não devem impedir a luz para refazermos o Caminho. A Alma só se salva quando se perde em Deus, diz-nos o Evangelho.

Como vai passar as suas férias? É a pergunta de economia doméstica e ninguém gasta o que não tem direito. A cada Direito preside um Dever. Divergências em férias avulsas e convergências em trabalhos diários. Tempo de férias quem inventou «isso»? As palavras que cruzamos significam que descansar é querer Servir Melhor. Avança quem descansa. As necessidades básicas têm de ser atendidas com Liberdade.

Pedro José, Gafanha do Carmo/Encarnação/Nazaré, 17-08-2017, caracteres (incl. esp) 1108
Anúncios
Esta entrada foi publicada em Apontamentos, Confissões, Espiritualidade, Mensagem, Saúde e bem-estar com as etiquetas , , , , , , , , . ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s