o verbo acompanhar: uma arte

o verbo acompanhar: uma arte

«- Se eu morresse amanhã, eu morreria feliz, pois tudo o que quis na vida eu consegui.»Caio Junior, Treinador do Chapecoense, falecido na tragédia do desastre aéreo na Colômbia que fez 71 vítimas.

Acompanhar, no seu desdobramento do acompanhamento, pela etimologia da palavra – “cum panis” – remete para a partilha do pão e dos recursos com o outro. Será o contrário do isolamento e do fechamento em si.

Acompanhar é abrir-se à solidariedade entre os homens e as mulheres, é construir uma Igreja “que sai”, que sabe acolher, sustentar, praticar a misericórdia.

Acompanhar é difundir a esperança evangélica, que não é um optimismo vago, mas é crer que Deus não nos abandona nunca e que no fim o bem acabará por vencer o mal.

Acompanhar é saber dar lugar ao outro, cientes de que não somos nós, mas sim o Senhor que saberá fazer nascer os frutos na vida de cada um e na pequena Igreja que é a família.

Acompanhar é partilhar o Evangelho, apresentá-lo, dar testemunho dele com a vida, mesmo quando há feridas que a marcam.

Acompanhar é construir pontes, entre as pessoas, as ideias, as opiniões e os caminhos, que são diferentes para cada um de nós.

Acompanhar é construir a confiança, lá onde rareiam a confiança e a esperança. É um êxodo feito de mãos dadas como peregrinos.

Acompanhar é dizer ao mundo que para se caminhar é pelo menos preciso ir em casal, equipa, ou trio. Não há caminho que se possa percorrer sozinho, de preferência.

Acompanhar é estar à escuta do outro/dos outros, sobretudo, com o coração. Ouvir com a cabeça e decidir com o coração.

Acompanhar é tornar-se capaz de uma arte única, vivida em bicos de pé, ou melhor, na ponta do coração.

FONTE: Cfr.“Muros Não, Pontes Sim”, in Guião – Tema de Estudo (2016-2017), ENS, Lisboa, pp.20-26. Transcreveu: Pedro José, Gafanha Carmo/Encarnação/Nazaré, 01-12-2016, caracteres (incl. esp) 1452

Advertisements
Esta entrada foi publicada em Apontamentos, Espiritualidade, Organizações, Saúde e bem-estar com as etiquetas , , , . ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s