Acolhe!

Acolhe!

Reflexões: Ano C – IV Domingo Advento: Cfr. Lc 1, 39-45

“Donde me é dado que venha ter comigo a Mãe do meu Senhor?” Lc. 1,43

O Dia de Natal aproxima-se veloz… Na correria da Vida e dos seus múltiplos afazeres. Acolher significa ativar em nós a Capacidade-para-Acreditar.

Não é tarefa das mais fáceis acolher uma vez… e outra… e sempre. Fechamos a concha da nossa Intimidade e nessa defesa o acolhimento fica superficial. No Natal Deus decidiu «acolher-se» no meio de nós, humanidade (in)grata. Baixou-Se até à terra que está debaixo dos pés, mais simples e cansados.

O pior que nos pode acontecer neste acolhimento – que é acreditar no poder revestido de “fraqueza” de não deixar de Amar, infinitamente, da parte de Deus – é sermos desviados para outras realidades que são acessórias, às vezes até contraditórias. Não podemos deixar substituir o que é Original.

O Acolher acreditando implica a nossa Fé! Talvez até no excessivo aviso: “As pessoas fortes são pessoas que raramente falam, que ouvem. Essa disponibilidade para receber é uma força” (Gonçalo M. Tavares, in Ler, nº140, 2015, p.78). Esta «força» é a pacificação do AMOR: doado pessoa a pessoa; acolhido como Dom e Sacrifício. “O que marca a espécie humana é que se não tivéssemos um cuidador, já tínhamos desaparecido. Existimos porque temos um instinto amoroso, que é inexplicável” (Gonçalo M. Tavares, in Ler, nº140, 2015, p.76).

Acolher significa insistir neste ponto em que, dificilmente, voltaríamos a acreditar apenas sozinhos, sem ter o Coração Livre e Puro. Porque no mundo ou na vida, as “coisas” e as “prendas” acontecem precisamente na medida em que somos capazes de ACOLHER – acreditando verdadeiramente – sabendo que a nossa Felicidade joga-se aí! O Deus Menino vai nascer outra vez!

Chave da Misericórdia – após a saudação inicial e integrado no Ato Penitencial

Presidente: Vamos acolher a Chave da Misericórdia

Leitor: Na tarde do passado domingo, na Sé de Aveiro, o Sr. Bispo António Moiteiro, abriu para todos nós, oficialmente, o Ano Jubilar da Misericórdia e entregou a todas as paróquias a Chave da Misericórdia, para ficar num lugar visível em cada igreja paroquial. E acrescentou: “A chave tem um duplo simbolismo. Abre para entrar e para sair. Encontramo-nos com Jesus para com ele sairmos a construir o Reino de Deus, rico em misericórdia, pela força do espírito”. Na Chave está inscrito o lema “Misericordiosos como o Pai” e é representado o Bom Pastor, que no detalhe dos seus olhos confundem-se com os de toda a pessoa humana frágil.

Acolhemos agora este símbolo diocesano na nossa Comunidade para que ele nos ajude a viver a Misericórdia de Deus, ao longo do ano jubilar.

Presidente: Peçamos a Misericórdia de Deus para os nossos pecados. (Cântico):Senhor Tende Piedade de Nós…

Oração IVª semana:

Quero ser como Isabel

que soube acolher Maria em sua casa.

Quero ser como Maria

que soube levar Jesus aos outros.

Quero aprender a rezar a Maria

como Isabel rezou.

Quero louvar e agradecer a Deus

que vai entrar em nossa casa

revelando o seu rosto de bondade.

Quero preparar bem o Natal que se aproxima,

acolhendo Jesus e acolhendo meus irmãos.

Vem, Senhor Jesus!

Podes entrar em minha casa

pois estou pronto para Te acolher.

P.S. Neste fim-de-semana, o 4º Domingo do Advento, a Diocese de Aveiro propõe, embebido no Evangelho, o desafio/atitude a viver através da Palavra-Chave: ACOLHE! Lembramos a oportunidade de preparar o Nascimento de Jesus Cristo abrindo a Porta da nossa Vida ao Serviço do Próximo.

Pedro José, Gafanha Carmo/Encarnação/Nazaré, 18-12-2015, caracteres (incl. esp) 3412.

Advertisements
Esta entrada foi publicada em Apontamentos, Espiritualidade, Mensagem com as etiquetas , , , . ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s