Convida! – “Que devemos fazer?” Lc. 3,10

Reflexões: Ano C – III Domingo Advento: Cfr. Lc 3, 10-18

Que devemos fazer?” Lc. 3,10

Na nossa diocese de Aveiro, dia 13 Dezembro/2015, na Sé de Aveiro, às 16H00, convocados pelo nosso Bispo António Moiteiro, e em sintonia com todas as dioceses do mundo, celebra-se o início do Ano Santo da Misericórdia. Com toda a alegria, agradeçamos o Dom e a Tarefa, da Misericórdia de Deus na nossa vida.

Deus chama-nos à Conversão. Quando deixamos espaço para Deus nas nossas vidas, o pecado vai afastando-se, e Deus renova o Seu Amor por nós. Por isso, a alegria, o encontro, a reconciliação, o diálogo sincero, a partilha com sacrifício, devem, entre tantas outras, ser as nossas características como baptizados, crentes e cidadãos.

“Cultivar a misericórdia é caminho para encontrar o tempo novo. Permite à humanidade superar a gravíssima crise espiritual e, assim, compreender que a solução de problemas não vem simplesmente das estatísticas, números, aumento sem limites da produção e do consumo. Também está longe da doentia luta pelo acúmulo egoísta de riquezas. É hora de aprender a lição do amor, para evitar que continuem a se multiplicar os desastres políticos, humanos e ecológicos. Cultivar a misericórdia requer coragem humilde de fazer mea-culpa, assumir as responsabilidades na constituição do cenário de violências, corrupção e indiferenças. A Igreja, pelo caminho deste Ano Santo, compromete-se com a celebração de um Jubileu que resulte em renovações (…)” (Cfr. D. Walmor Oliveira de Azevedo, in http://www.arquidiocesebh.org.br/site/opiniao_e_noticias.php?id_opiniao_e_noticias=12039, acesso: 11-08-2015).

Eis agora a oportunidade para viver, com entusiasmo, a convocação feita pelo Papa Francisco: cultivar a misericórdia. Somos desafiados a partilhar esta-misericórdia-de-Deus com todos.

Somos convidados na Igreja de Aveiro, em cada paróquia, em cada família, em cada ambiente, em cada vida, a viver a «Alegria da Misericórdia».

Oração IIIª semana:

O Senhor enviou-me a anunciar a Boa Nova aos pobres.

Senhor, Tu me convidas a anunciar e a repartir.

Ensina-me que é dando que se recebe,

que é perdoando que se é perdoado.

Quero aprender a dizer-Te: “Senhor, que posso eu fazer?”

Abre os meus olhos para ver que há muitos que precisam

de um pouco do que eu tenho.

Quero aceitar o Teu convite

de ir ao encontro do irmão que precisa de mim.

Que tenho eu para partilhar?

P.S. Neste fim-de-semana, o 3º Domingo do Advento, a Diocese de Aveiro propõe, embebido no Evangelho, o desafio/atitude a viver através da Palavra-Chave: CONVIDA! Lembramos especialmente aos Adultos na Fé a oportunidade de celebrar o sacramento da RECONCILIAÇÃO / CONFISSÃO: não deixe de fazer a experiência.

Pedro José, Gafanha Carmo/Encarnação/Nazaré, 11-12-2015, caracteres (incl. esp) 2586.
Anúncios
Esta entrada foi publicada em Apontamentos, Cultura, Espiritualidade, Mensagem, Organizações, Saúde e bem-estar com as etiquetas , , , , . ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s