«Transforma-te», isto é, só com ELE nos transformaremos – Ano A – IIº Quaresma – Gn 12,1-4ª; 2Tim 1,8b-10; Mt 17,1-9.

«Transforma-te», isto é, só com ELE nos transformaremos.

Reflexões: Ano A – IIº Quaresma – Gn 12,1-4ª; 2Tim 1,8b-10; Mt 17,1-9.

“Moras de que lado da luz?

Cinge-se de corda tua cintura de noivo?

As nuvens conhecem a coroa da tua cabeça?”

José Tolentino Mendonça, in Estação Central, p.50.

[1.] Os nomes da escritura são vida feita história. Abraão e seu mundo de Fé. Paulo que escreve a Timóteo e seus “negócios” sobre a Fé. Pedro, Tiago e João à volta de “Cristo Jesus” (detalhe teológico…) e daí chegamos mais longe no arquivo da Memória: recuperamos Moisés e Elias. A transformação que nos é pedida surge na decorrência de um nome assumido. O “nosso” nome e os nomes que a escritura nos apresenta são compromisso-de-Vida. Que Deus ao partir (verbo forte, carregado e disponível, para sob o sol e o pó da estrada, deixar…), lado a lado com Abraão; à conversa de Paulo e Timóteo (uma “internet sem fios…” à parte da questão da autenticidade do redactor…); ou sob o olhar dos amigos íntimos de Jesus, no cimo dum “alto monte”, como nos conta Mateus. Nesses nomes «todos» estamos nós dentro, hoje, transformados pela força e bênção do Nome – sagrado e indizível – de Deus: luz das nossas trevas. Com o “nosso” nome iluminado estamos em boa companhia.

 [2.] A Vida que é nossa ou a dos outros, que são “nossos ou distantes”, comporta muita falta de luz”. É muito fracasso escondido e não querido. Não falemos por agora nas falsas luzes e nas iluminações artificiais, por cruel metáfora. As dívidas que causam cortes de/na LUZ, nesse funcionamento vital interior, são terríveis. Por estas razões a Esperança na «Transfiguração» de Jesus é duma Beleza sedutora; é a própria Verdade de que precisamos nos abastecer no escurecimento espiritual. “Jesus foi transfigurado por Deus que, de certa maneira, iluminou-o, para que carregasse aquela luz a ser usada no momento em que chegassem as trevas, até atingir a luz definitiva da ressurreição” (JB Libânio).

 [3.] Abraão partiu. Paulo fala e conversa, escreve e descreve-se, diante de Timóteo. Jesus “sobe, permanece e desce” do monte e com Ele os seus companheiros “para todas as horas”. E nós de que precisamos partir?… De que precisamos de falar (“Sofre comigo pelo Evangelho, apoiado na força de Deus” da segunda leitura fez-me reler o Até logo”, do Cardeal José Policarpo ao seu amigo padre que lhe ofereceu a Santa Unção, pouco antes de entrar no bloco operatório… Humanizou-o, e por isso, dessa Luz, fomos confirmados na Fé)? No fundo, com Jesus e seus discípulos, moramos de que lado da luz? Como diz a poesia: Moras de que lado da luz?”

 [4.] Para suportar a existência com dor e perda: precisamos de “beber da Luz”. Para enfrentarmos as grandes provações e desilusões: precisamos de guardar na Memória da Fé, sem ressentimentos ou alienações baratas, as grandes alegrias, genuínas e simples, da nossa Vida iluminada. Guardar os momentos de Luz. As experiências luminosas devem ganhar das experiências escuras. Da escuridão da Cruz nasce a Páscoa. Estamos em caminho de purificação. A mais luminosa de todas experiências/encontros/relações…, etc. É o “de ser amado”, principalmente, por aqueles que também amamos (ou então, duríssimo desafio, por aqueles que estão incapacitados de responder ao nosso amor).

Por: Pedro José, CDJP, Gafanha da Nazaré/Encarnação/Carmo, 15-03-2014. Caracteres (esp.incl.): 3123. FONTE: Cfr. JB Libânio, “Um Outro Olhar”, Volume IX, pp. 56-58.

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Apontamentos, Espiritualidade com as etiquetas . ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s