sobre o esperar da espera

sobre o esperar da espera

 

 “Não há Cristianismo sem partida, nem encontro com Jesus sem embarcar. Todo o crente o sabe e experimenta e as Igrejas morrem quando se voltam sobre si próprias” – D. Manuel Clemente

  

a. Nas relações desconexas e pouco transparentes, talvez, mas nem por isso serão menos intensas, naquilo que vivemos na espera da conversão. Manter-se no exercício contínuo do esperar, com a abertura ao Ser. Ter esperança não significa necessariamente viver do esperar. – Não desistas!

a’. Por vezes o mais difícil não é esquecer; o mais difícil é recomeçar novamente. Quando falamos em levantar de novo a cabeça diante do desespero radical. É necessária disciplina interior, devoção genuína e persistir na convicção da Justiça. – Não baixes!

a’’. Só então a esperança emerge como a consequência dum projecto, duma entrega a um sacrifício vital. Nela a capacidade de esperar contra toda a esperança, faz mover todas as energias numa só finalidade. Somos nós os agentes da espera em ordem ao que é esperado como Dom. – Não pares!

a’’’. Só a espera gera a solidariedade exigida à prática da justiça. Distributiva a nossa incapacidade para mantermos alerta a espera radical. No dia em que não deixarmos de esperar por quem realmente nós somos, tal densidade acumulada fará da espera uma Virtude fundamental. – Não recuses!

 

  

Por: Pedro José, Gafanha da Encarnação / Nazaré, 22-05-2013.

Caracteres (esp.incl.): 1116.

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Apontamentos, Ensaio Biográfico, Espiritualidade, Incontinências. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s