escrevinhar coisas

escrevinhar coisas

As desculpas que são (in)devidas.

A necessidade de fazer coisas boas e sólidas. Essa coisa do fazer não aparece já feito. As coisas são sempre coisas, sem a respiração disfarçada da nossa aprovação. As coisas, também de passagem, são o que são, quando obedecem à primazia do Dever Ser. Se tinha de fazer certas e requeridas coisas: é porque assim era! As coisas são na medida em que se impõem com Liberdade situada. Coisas de trabalho fazem o nosso desgaste saber a Felicidade quase pura.

Coisificar os trabalhos.

O fazer ama as coisas. As coisas respeitam o fazer. Nos dias de feriado voltamos a fazer coisas de labuta adiada. Ensaiamos a Vida de modo que todas as coisas ganhem um sentido comprometido no transitório que o Tempo é em si. As coisas são acima de tudo a realização em fuga do Ser. As coisas que são a harmonia nascem do encontro gratuito pelo Agir. As coisas orantes são as melhores. Sem dúvida metódica. Ironia benigna. As coisas do Ocaso e da Necessidade. Sem distensão, com contenção, apesar da atenção. Querer orar as coisas significa a Vida feita de contemplação activa.

As coisas são sem nós ainda que não o exigam.

As coisas fazem dormir e acordar sem marcação de horas. As coisas não gostam das horas. As coisas gostam de séculos. As coisas gostam de existir e dividir os afectos reais. Coisas de manutenção de carro, conta bancária, preparação sacramental, roupa informal ou não, atendimentos e conversas humanas, funerais amigos, e por último ou primeiro, os pagamentos em dia. Tudo coisas que não convém adiar. Simplesmente, escrevinhar coisas. Com toda a Razão de uma boa desculpa!? Preservar a memória do Absurdo, porque não.

Por: Pedro José, Gafanha da Encarnação / Nazaré, 02-05-2013.

Caracteres (esp.incl. com notas): 1649.

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Apontamentos, Incontinências com as etiquetas , . ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s