As dúvidas do «estado» adulto: meditações avulsas – Reflexões: Ano C – V Domingo Tempo Comum – Lc 5, 1-11.

 As dúvidas do «estado» adulto: meditações avulsas.

Reflexões: Ano C – V Domingo Tempo Comum – Lc 5, 1-11

«O exercício da liberdade nunca é convite à instalação no indiferentismo ou menosprezo dos outros e das suas opções», MARCELINO, António Baltasar, in Vaticano II ao alcance de todos, Ed Paulinas, 2012, p.140.

Disposição 1. «Os pescadores tinham deixado os barcos e estavam a lavar as redes». – Talvez fosse o cansaço, talvez não… talvez a ignorância diante o que se está a passar à nossa volta; do que se passa e não compreendemos. Não queremos e/ou não temos a capacidade de compreender. «Vomitar» informação (ou ausência dela). Deixar os «barcos» mas mesmo assim lavar as «redes». Enquanto não vem “aquilo” faço “isto”. Manter-se aparentemente ocupado tendo dentro de si a sensação de cansaço e frustração, porque não houve a proporção entre o esforço e as conquistas, tudo traduzido na dureza do «destino». Simplesmente, empurrar a vida com a “barriga”.

 Disposição  1.1. «Faz-te ao largo e lançai as redes para a pesca». – Não há segurança material que possa esconder todas as outras inseguranças e defesas. Como queremos sonhar de olhos fechados? Medo de quê? Tipo de justificação normalizada: “Já lutei bastante. Ouvi o que não merecia ouvir. Agora outros carreguem o fardo das responsabilidades. Preciso de paz!” Dentro de nós procuramos agarrar o que é conhecido e defendê-lo… a tentação do “vazio vital”, tudo cálido e seguro, nada de novidades. Incentivar e dar graças por quem tem a coragem de lançar as redes e sabe que não pesca por/para si próprio.

Disposição 2. «Mestre, andámos na faina toda a noite e não apanhámos nada. Mas, já que o dizes, lançarei as redes». – A experiência de Vida previne o adulto de cair na armadilha de novos riscos. Cuidado comos “velhos pecados” (mudos e surdos…). Para quê tentar o Novo. Sempre que se iniciou um Projeto temos de pagar o preço da incerteza, do erro, da crítica descomprometida, da derrapagem afetiva, da desilusão programática, etc. Por tudo isso vale «deixar como está»; a resignação é um bem inestimável. «Mais vale assim, do que outra coisa bem pior».

Disposição  2.1.  «Senhor, afasta-Te de mim, que sou um homem pecador». – Temos dentro de nós conflitos não-resolvidos, que geram ansiedade e esta é descarregada tanto no ativismo como no isolamento. Precisamos de Confiança para dar o primeiro passo. Perante a angústia pelo tempo que nos foge; o pecado fecha o sabor a plenitude que toda a pessoa deseja e ama. Com o pecado não vamos lá…, ficamos a meio caminho na “melhor” das nossas respostas. Com o pecado (in)consciente, pouco a pouco, sub-repticiamente, o coração morreu de inação. O pior é quando não damos conta.

Disposição  3. «Não temas. Daqui em diante serás pescador de homens». – Descomplicar na resiliência. A vacina do evangelho perante a ameaça de não mais fazer efeito: a tomada de antibióticos prescrita pela realidade penalizadora. O perigo da habituação ao «fácil». À desculpa perante o «relativo». Anulamento da criatividade, da liberdade interior. Não somos superiores a ninguém. Não somos inferiores a ninguém. Porquê a Mentira existencial? Porquê encobrir a Conversão à autêntica Vocação: Servir e não servir-se? Não temos necessidade de controlar Deus!? Não sabemos que só no desprendimento de si está a Liberdade?

 

FONTE: Cfr. GARRIDO, Javier, Adulto e Cristão: crise de realidade e maturidade cristã, Edições Loyola, São Paulo, 2006, depois de reler o capitulo 14 “As tentações do adulto” pp. 161-171. Por: Pedro José, Gafanha da Nazaré/Encarnação, 09-02-2013. Caracteres (esp.incl. com notas): 2991.

Advertisements
Esta entrada foi publicada em Apontamentos, Espiritualidade. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s