ENSAIO [2] – M.TAVARES, Gonçalo, “Sobre os tempos”, in Público, 3-1-2013, pp. 8-9.

ENSAIO [2] – M.TAVARES, Gonçalo, “Sobre os tempos”, in Público, 3-1-2013, pp. 8-9.

O diagnóstico/prognóstico: “1 – Saída de emergência – “Deves é mudar de alma, não de clima. (…) Andares de um lado para o outro não te ajuda em nada, porque andas sempre na tua própria companhia” Séneca. [Alusão metafórica ao procedimento de segurança na descolagem de um avião…] “A Europa embarcou há muitos anos e, em 2013, continuarão a ouvir-se os conselhos de segurança: Preste atenção que a saída de emergência pode estar nas suas costas. E há quem aponte outras saídas” (p.8).

2 – Versos – Os versos de Hölderlin: “Dificilmente abandona / o seu lugar aquele que mora perto da origem.” E o comentário de Heidegger a estes versos: “De modo inverso, quem facilmente abandona o lugar comprova que não tem origem e se limita a estar presente como que por acaso.” (p.8).

3 – Velocidade – A síntese do homem contemporâneo, do europeu que pode decidir e agir – é a do Homem com Pressa Dentro de um Elevador.” (p.8) “Estamos sempre ou demasiado rápido ou demasiado lentos. A nossa velocidade torna-se culpada. A sociedade parece exigir sempre, em qualquer circunstância, uma outra velocidade. És culpado porque não acertaste na velocidade” (p.8).

4 – Fundamentalismos – “Gosto particularmente do que diz uma personagem de Hans Christian Andersen: “Pediram-lhe para rezar, mas ele só se lembrava da tabuada” (p.8); e com intensidade escreve: “Na Europa, em 2013, o discurso religioso que conteste um adição ou uma multiplicação será apedrejado” (p.8).

5 – 5 não é 5 não é 5 não é 5 – “A objetividade pura tem uma potência violenta. 5 é 5 é 5, eis o indiscutível. Dizer que 6 não é maior do que 5, em 2013, na Europa, seria o mesmo que dizer – na Europa medieval – que Deus não existia”(p.8).

6 – Moral da máquina – ou o oitavo pecado – “A moral europeia é, em parte, a moral da máquina. É bom aquilo que funciona. É bom, não apenas em termos de eficácia, mas em termos morais. A noção de pecado socializou-se e entrou na esfera da tecnologia. Alguém que não saiba calcular ou que não domine a última versão do Windows comete um pecado. O pecado maior é a ineficácia. Alguém que não funcione bem torna-se um pecador. Os pecados capitais são agora oito: gula, avareza, luxúria, ira, inveja, preguiça, vaidade e incompetência. O incompetente não entrará no reino da Terra”(p.9).

7 – Salvação – “(…) A salvação já não vem com a entrada do padre na casa do doente, mas com a do médico – e esta transição radical do século XX, analisada por muitos, ainda está em movimento. A salvação que classicamente teve uma abordagem religiosa ou moral tem desde há muito, na Europa, um entendimento clínico” (p.9).

8 – Coragem e bondade – “A bondade salva cada vez menos, e isso assusta. (…) Hoje a coragem tem, primeiro, de tirar um curso de especialização técnica” (p.9).

9 – Valores morais – e o que está nomeio – “Não te posso salvar porque não sei mexer na máquina – eis a frase que, em 2013, será muitas vezes escutada” (p.9).

10 – Palavras más – “Pensemos, por exemplo, na inócua pergunta: ele funciona bem? De facto, podemos perguntar se o João, a Maria ou o elevador funcionam bem. E quando podemos fazer a mesma pergunta acerca de um homem ou de uma máquina é porque algo, de facto, lá atrás, se desarranjou. E é também por isso que muitas pessoas, aqui e ali, começam a ter avarias” (p.9).

Com menos acutilância, na nossa leitura, os pontos finais: 11 – A apatia; 12 – As perguntas humanas; 13 – O que aí vem – pés, olhos.

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Cultura com as etiquetas , . ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s