Sem medo: com liberdade para acontecer.

Sem medo:

com liberdade para acontecer.

 

Um pastor sem medo, mas que não vai em fantasias nem em discursos ocos de realismo. A vida impõe exigências e ritmos que não podem ser ofuscados e deturpados.

A liberdade de quem congrega sem imposição. A liberdade do Sim e do Não. Eu proíbo-me; eu permito-me. Jesus dá força para que se possa conjugar os verbos na primeira pessoa. Conjugar os verbos com a sua inspiração: dando a vida. Vivendo com largueza e prontidão. A vida sempre em primeiro. A começar pela defesa de quem se sente ameaçado na sua liberdade.

Faz acontecer com espontaneidade. Com a naturalidade do sabor intenso, duro e generoso. Como um Pastor que sabe ouvir a nossa Voz interior.

“Ninguém Ma tira, sou Eu que a dou espontaneamente”.

“Tenho ainda outras ovelhas que não são deste redil e preciso de as reunir”.

Sinais dos tempos negativos e positivos superabundam. Há confusão no ar, nos nossos olhos encantados por falsas publicidades. Precisamos de saber comungar (libertarmos o «EGO»…) com Jesus o Bom Pastor: na sua Bondade e na sua Coerência, que nos dispõe a não «possuir» nada, mas a «esperar» em tudo, o que Ele nos oferece. As ovelhas teimosas, incoerentes, sem fome e com medo, que todos nós somos: saberemos ouvir uma vez mais a Sua Voz?

 

 

Por: Pedro José, Gafanha da Nazaré/Encarnação,

28-04-2012.Caracteres (esp.incl.): 1214.

 

Advertisements
Esta entrada foi publicada em Não categorizado. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s