os anos que fazem a experiência

os anos que fazem a experiência

A agitação faz parte do ser. Agitação é o trabalho que recusa a inércia. Mas em dia de aniversário «profissional» pensamos nas particularidades do que está já feito e do que faltava fazer. Aceitar tudo não é possível. Somos limitados e por vezes indiferentes. Sentir-se útil nos extremos do tempo funcional é o nosso desejo. Sentir-se à vontade em todas as decisões, mas ao mesmo tempo em nada ser objecto de preocupação. Cada ano faz-me desejar outro ano, apenas isso, um de cada vez. Por vezes, já bastante cansado de fazer cumprir, a falta de misericórdia, o meu contentamento, lança-me num assombro ao mesmo tempo leve e pleno, compreendendo, enfim, o segredo da felicidade. Mas essa felicidade-dos-mínimos, permanece dia após dia, comigo expropriado, o segredo é a fidelidade infinita de Deus.

Por: Pedro José, Gafanha da Nazaré, 12-07-11. Caracteres (esp.incl.): 798.

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Incontinências. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s