Quem se pronunciar contra a Ficha Limpa é um defensor da ficha suja?

 
 
Quem se pronunciar contra a Ficha Limpa é um defensor da ficha suja?
 
Questionamento do presidente da Conferência episcopal brasileira

 

BRASÍLIA, sexta-feira, 26 de fevereiro de 2010 (ZENIT.org).- O presidente da CNBB (Conferência Nacional dos Bispos do Brasil), Dom Geraldo Lyrio Rocha, questionou nessa quinta-feira os parlamentares que têm colocado resistência ao projeto da Ficha Limpa no Congresso brasileiro.

“Não dá para imaginar um parlamentar que se coloque contra o projeto Ficha Limpa.

Alguém que se pronunciar contra a Ficha Limpa é um defensor da ficha suja?”, disse Dom Geraldo Lyrio, em coletiva de imprensa após a reunião do Conselho Permanente da CNBB.

O arcebispo questionaou ainda: “e quem se posicionar contra a Ficha Limpa, como é que vai disputar eleições? É um assunto que nos deixa pensativos. Não consigo imaginar alguém que seja contra esse projeto”.

Já o secretário geral da CNBB, Dom Dimas Lara, afirmou que aumentaram as expectativas da CNBB pela aprovação do projeto Ficha Limpa, após a audiência pública realizada na Câmara dos Deputados nessa quarta-feira.

“Estamos com esperança de que o projeto seja aprovado ainda nesse semestre e aplicado nas eleições de outubro”, disse.

O Ficha Limpa, projeto de lei de iniciativa popular do Movimento de Combate à Corrupção Eleitoral (MCCE), prevê regras de inelegibilidade de candidatos condenados ou denunciados por crimes graves.

 

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Notícias e política. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s