“Não às realidades virtuais” – in Boletim Paroquial “Vida Nova” (nº 5 e 6: 14 e 21/02/2010) – Paróquia Nossa S. das Dores – MA

 

 

 

Não às Realidades Virtuais" (*)

 

(…)Em Chapadinha, apesar do marketing pretendido por ousadas afirmações, facilitado por canal difusor comprado e por defensores profissionais, o atual poder público que está em continuação, terá muita dificuldade em fazer passar que está trabalhando com diligência. E a afirmação, também repetida, de que a atual situação nada fica a dever ao povo, porque não dependeu de votos… vem piorar a análise popular. Nossos olhos desmentem toda essa propaganda. Sempre pensei que a mentira, mesmo com marketing estudado, tem curto prazo de validade. A situação está tão péssima que, além de não se ver melhoramentos, não se vêem nem as autoridades. Ainda bem! Ao menos mostram que têm um pouco de sensibilidade pública e se refugiam no anonimato. Chapadinha deseja mais dedicação e sincero amor a um futuro melhor. À nossa gente jovem está destinada enorme capacidade de realização e engrandecimento de Chapadinha. Não devem, por isso, nossos jovens, rapazes ou moças que assumem os destinos da terra que os viu nascer, pautar seus desejos e sua ação pelos degenerados e ultrapassados políticos tradicionais. Nem andar a reboque. Sabemos que é mais fácil criar discurso que pretende desculpar a inatividade do que mostrar fatos que nos convençam do desenvolvimento. E isto é o que interessa. Palavras leva-as o vento. Não dizemos isto para machucar quem quer que seja, mas para acordar quem parece que está cochilando na cadeira do poder. Nosso sentido crítico não é motivado por preferir outros que talvez venham ou já vieram fazendo igual ou pior, mas porque desejamos valorizar quem tem, no presente, a oportunidade de trabalhar por uma Chapadinha melhor e não a deve perder. Haja vergonha!

 

Sabemos que há Obras Planejadas e Realizadas pela Prefeitura a que devemos estar atentos porque são feitas com dinheiro de todos nós:

a) – contratação de empresa para execução dos serviços de pavimentação asfáltica e drenagem de vias públicas na av. Kenedy – R$ 953.711,00;

b) – serviço de reforma do prédio da Prefeitura – R$ 134.508,67;

c) – serviço de pavimentação poliédrica e drenagem superficial no B. Campo Velho na Rua 8 de Dezembro e no B. da Tigela R. Francisco Ribeiro de Aguiar – R$ 82.679,14;

d) – serviço de restauração do canteiro central na Av. Cor. Pedro Mata e Av.Presidente Vargas – R$ 149.442,30;

e)– serviço de engenharia de tapa buracos com revestimento  asfáltico na Av. Ataliba Vieira e Av. Presidente Vargas – R$ 149.250,09;

f)-serviço de recuperação de 145 Km estrada vicinal nos povoados do Município – R$  3.150.000,00”.

 

(N.B.) Estas informações estão à disposição no site do Tribunal de Contas. http://www.tce.ma.gov.br. Depois de sabermos onde estas obras estão ou já foram feitas será bom tomarmos conhecimento da percentagem de ouro que levaram”.

 

 

 

(*) FONTE: in Vida Nova – Boletim Formativo e Informativo da Paróquia de N. S. das Dores – Chapadinha // DIRETOR – Manuel Neves // DIRETOR-Adjunto – Pedro José; N°05 – 14/02/2010, p.3 e Nº6 – 21/02/2010, p.2.
 
Anúncios
Esta entrada foi publicada em Notícias e política. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s