Carta Aberta à Paróquia de S. Francisco (Mata Roma: 10-05-09)

 

 

Carta Aberta à Paróquia de S. Francisco

 – Mata Roma (10-05-2009)(*)

 

Caros(as) Amigos(as) Paroquianos(as)!

 

Venho hoje a esta paróquia de Mata Roma com a mesma amizade e espírito apostólico que aqui, tantas vezes, cheguei. Não venho para me despedir, mas apenas para lembrar que a vida vai continuar e a paróquia vai progredir com outros missionários que não nós. O Instituto dos Missionários da Boa Nova, atendendo ao apelo da comunidade que reside em Chapadinha, decidiu entregar á diocese esta Paróquia de S. Francisco de Mata Roma. Fazemo-lo porque estamos conscientes que o trabalho aumentou, nossas forças diminuíram e a paróquia precisa da constante presença sacerdotal que, todos os dias, congregue à volta da Eucaristia a comunidade cristã. Quando os Missionários da Boa Nova tomaram conta deste trabalho pastoral pela impossibilidade do então Pároco, P. José Costa, pensávamos que fosse por pouco tempo. Mas o tempo foi passando e já lá vão vinte e dois anos.Foi-nos dado nesse tempo o encargo pastoral de cinco Paróquias: S. Benedito do Rio Preto, Urbano Santos, Anapurús e Mata Roma, além de Chapadinha onde já estávamos desde 1978. Mata Roma é a última a ser deixada do que nos foi pedido, nessa ocasião, assistir temporariamente. Chapadinha aumentou assustadoramente e tem até que ser dividida em três ou quatro Paróquias.

 

Foi gostoso conhecer e trabalhar em Mata Roma. Da nossa parte, acho que não nos poupamos a esforços, para vir aqui celebrar, coordenar trabalhos e visitar as comunidades. Lembramos quanto esforço se precisou para construir este templo e o Centro Paroquial. Mas achamos também que mais deve ser feito para aumentar as comunidades, dinamizar os movimentos, fortalecer os grupos e convocar a população, coração a coração, para Cristo. Outros motivos não nos movem, nem que alguns que nunca aceitaram nossa imparcial liberdade os queiram inventar. Entregamos a coordenação da Paróquia, mas não esqueceremos nossa amizade. Ficaremos aqui, bem perto, em Chapadinha. Somos missionários e devemos não nos prender a lugares ou situações. Nosso dever é servir até não sermos mais precisos.

 

Como Missionários da Boa Nova queremos deixar uma palavra muito sincera às Missionárias da Boa Nova que aqui trabalham há vinte e dois anos. Companheiras de trabalho, dedicadas apóstolas das comunidades, abnegadas e humildes em todos os serviços da paróquia, disponíveis a tempo pleno, pobres que nunca aceitaram um vencimento para poder comer e viver melhor… também têm que recuar e se concentrar noutra área. Contentaram-se com as pequenas ajudas que lhes eram oferecidas. A elas se deve o desenvolvimento desta comunidade de Mata Roma nos últimos anos. A elas agradecemos toda a dedicação apostólica e amizade sincera. Ao P. Pedro que nos últimos anos foi o Pároco de vocês não lhe digo palavras de verdadeiro e merecido elogio, porque o conheço e vamos continuar juntos. Mas confesso aos católicos de Mata Roma que foi um amigo sacerdote muito competente e dedicado que vocês aqui tiveram.

      

      Queria lembrar que, durante nosso encargo pastoral, a paróquia não sofreu retrocessos nem interregnos das exigências para receber os sacramentos. Apesar de todas as dificuldades mantivemos as orientações pastorais, desde que foram traçadas numa assembléia diocesana. Nunca consentimos voltar atrás. Não se admirem se outros o fizerem. Na mesma família, por vezes, há muita dificuldade para haver comunhão entre todos os membros.

 

Se Deus quiser, em Junho, em dia ainda a marcar, as duas comunidades dos Missionários e das Missionárias da Boa Nova deixarão o encargo pastoral de Mata Roma. Muito gostaríamos de ter realizado, nomeadamente, a construção de algumas capelas nas vizinhanças da cidade, tendo sido doados e comprados dois terrenos para o efeito, mas o dinheiro que a paróquia tem andado a arrecadar para esse fim ficará à disposição da nova equipa sacerdotal. Agradecemos a todos, neste ano que celebramos 36 anos de fundação da Paróquia (09-04-1973), 22 da presença, dos Missionários e das Missionárias da Boa Nova, 20 da Pastoral da Criança, 13 do Grupo de Acólitos, 10 da Renovação Carismática, 6 do Dízimo, a amizade autêntica e a união que sempre reinou entre nós.

 

 

A todos(as) Paz e Bem, sob a Bênção e Proteção de Nosso

Padroeiro São Francisco!

Paróquia de S. Francisco, Mata Roma, 10 de Maio de 2009.

 

 

(*) FONTE: in Vida Nova – Boletim Formativo e Informativo das Paróquias de Chapadinha e Mata Roma // DIRETOR – Manuel Neves // DIRETOR-Adjunto – Pedro José; N°18 – 10/05/2009, pp.2-3.

 

 

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Organizações. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s