Batiza meus sentidos – Benjamin Gonzalez Buelta, sj

 
No batismo de Jesus de Nazaré, reconhecido como o Cristo, penso e 

rezo: o "bem-querer" do Pai/Mãe de todos os meus irmãos.

A POESIA guia a minha noite escura…O resto – que é importante – é paisagem…

  

Batiza meus sentidos

 

Não amanheças, Senhor,

que ainda meus olhos

não aprenderam a ver-te

no meio da noite.

 

Não me fales, Senhor,

que ainda meus ouvidos

não logram te escutar

nos barulhos da vida.

 

Não me abraces, Senhor,

que ainda meu corpo

não percebe tua pele

nos abraços e na brisa.

 

Não me adociques Senhor,

que ainda minha garganta

não saboreia tua ternura,

no meio do amargo.

 

Não me perfumes, Senhor,

que ainda meu olfato

não cheira tua presença

no meio da miséria.

 

Batiza meus sentidos

com o lento decorrer

de tua graça encarnada,

fluindo por meu corpo.

 

AUTOR: Benjamin Gonzalez Buelta, sj.

 

 

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Espiritualidade. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s