A hora e a vez da águia

 

 

A hora e a vez da águia(*)

 

 

“Qual a maior exigência, no momento atual da humanidade e do nosso planeta, que devemos sem falta captar? Das duas, qual deveria ser mais evocada: a águia ou a galinha? Ousamos responder com veemência: a águia. E seríamos capazes de repetir ainda uma vez: a águia.(…)

 

Assistimos ao esforço fantástico dos monopolizadores do ter, do saber e do poder para nos reduzir a simples galinhas.(…)

 

Eis aí o grande desafio: salvaguardar a águia, sua sagrada significação para o destino humano, de fazer-nos voar rumo ao espaço aberto.

 

Não aceitamos permanecer somente na dimensão-galinha, obedientes aos mandos dos que nos querem submeter e controlar. Rejeitamos o comodismo, o conformismo, o pragmatismo porque significam formas de fuga aos desafios atuais.(…)

 

É a hora e a vez da águia. Despertemo-la. Ela está se agitando nas mentes e nos corações de muitos. Não só. Ela anima a história e penetra na própria realidade íntima de cada ser humano”.

 

(*) FONTE: BOFF, Leonardo, A Águia e a Galinha – Uma metáfora da condição humana, Vozes, Petrópolis, 452007, pp.71-72. Pedro José, Chapadinha, 06-06-08; 943 caracteres (com espaços incluídos).

 

 

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Espiritualidade. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s