Sentido e realidade

 

 

Pílula Bíblica 03

 

Sentido e realidade “O sentido que se revela na Bíblia não é um depósito bancário. É uma relação com a realidade em contínua evolução. Deve sempre ser recriado. Pois o que se lê não é, finalmente, o texto, mas – com a ajuda do texto – a realidade, e isso, sempre em perspectiva e tentativa. O texto transmitido desde o passado e a experiência atual do leitor são os dois olhos que permitem perceber a realidade em profundidade. Quem só tem um destes dois olhos não tem profundidade em sua percepção. Não vê que sua percepção de hoje possui uma terceira dimensão; não vê que o testemunho do passado exprime uma realidade que tem continuidade hoje, nem sua “profundidade divina”.

Se o objeto final de nossa leitura não é o texto, se, ao contrário, ler a Bíblia é conversar com ela sobre a vida, se o que queremos ver não são letras no papel, mas a realidade que tanto o texto como a nossa experiência trazem até nós, qual é então essa realidade, que conhecemos em profundidade graças ao testemunho consignado na Bíblia? E qual é o sujeito que a percebe? (…)”.

 

FONTE: KONINGS, Johan, “Ler a Bíblia com o povo e como povo”

in Perspectiva Teológica, nº71, 1995, p.30.

Caracteres (espaço incluídos): 1058 – 08:19

 

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Pílula Bíblica. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s